O papel das mães na prevenção às drogas

A relação entre mãe e filho é uma das mais importantes de nossas vidas, por ser a primeira pessoa com quem temos um vínculo estabelecido já na gestação. Vínculo que se torna nossa base e acaba muitas vezes determinando a maneira como nos relacionamos com outras pessoas.
Segundo a psicóloga Ana Carolina Monteiro Grasso, a maneira como ocorre essa relação poderá influenciar diretamente na personalidade de pessoa que iremos nos tornar. Nosso desenvolvimento psicológico está diretamente ligado a atenção materna, o cuidado, carinho, o aconchego, acolhimento e a atenção. Com uma mãe cuidadosa, o adulto se torna mais cuidadoso com sua saúde física e mental, tem facilidade para amar, pois foi amado. Se valoriza, pois, foi valorizado. Essa relação, positiva ou negativa, entre mãe e filho influencia inclusive na parte psíquica da pessoa. Também não há dúvidas que o “colo de mãe” é sempre, em todas idades, o melhor remédio para todos os problemas e situações difíceis de nossa vida pessoal, familiar, e até mesmo em nossos relacionamentos sociais, de estudo e de trabalho.
Sabemos também da importância do cuidado dos pais no que tange o relacionamento dos adolescentes com seus amigos e influência dos mesmos sobre eles. Recentes pesquisas constatam que a mãe tem mais influência quando o assunto é álcool e outras drogas. Portanto, sempre que houver uma boa orientação e educação da parte dos pais, da mãe em especial, haverá prevenção, não consumo ou a redução no uso e abuso de álcool e outras drogas, consequentemente teremos um mundo mais saudável, sem drogas.

Jean Sasse
Área de Prevenção da Cruz Azul no Brasil

Deixe seu comentário

Cruz Azul no Brasil - Para VIDA sem Drogas

Sede Cruz Azul

Rua São Paulo, n° 3424
Itoupava Seca, Blumenau / SC
CEP: 89.030-000

Redes Sociais

Criação de Site por Vale da Web